Offline

Estava só pouco acima do permitido para aquele tipo de via. A pressa, por sair com tempo apertado para chegar no destino, o fazia acelerar um pouco mais. De moto, sempre se podia esquivar melhor dos motoristas mais tranquilos e ganhar tempo no trajeto.

Conhecia o caminho de cor, pois o percorria todos os dias. Já olhava à frente, a cada proximidade de cruzamento, e sabia se podia antecipar-se na conversão, caso já visse pedestres na faixa da via contrária, pois sabia que os carros que viessem teriam que estar esperando a travessia dos desmotorizados.

Naquele dia, porém, assim que cruzou a via perpendicular, ouviu uma batida e gritos.

Não estava tão acima do permitido para aquele tipo de via, o que lhe permitiu frear e parar para ver o que havia acabado de ocorrer. Uma pequena multidão já se aproximava, saindo dos comércios locais e da praça que margeava a via.

Desligou a moto, travou o guidão, e fez como seu instinto de manada o mandava fazer. A curiosidade mórbida inerente ao ser humano é irresistível.

Ao aproximar-se da multidão já ouvia os comentários.

– Esse aqui morreu.

– Você, aí, está bem?

– Nossa, que pancada.

– Eu vi na hora que esse entrou de lado no motoqueiro.

E enquanto tentava esticar o pescoço entre as pessoas, que a esta altura não tinham olhos para mais nada que não fosse a cena sangrenta no chão, pensava em como a vida é frágil. Afinal, também estava de moto, e tinha acabado de passar pelo mesmo cruzamento fatal.

Ainda sem conseguir ver o morto, pensou em como a família receberia aquela notícia. Saiu pra trabalhar e não voltou. Vão se revoltar contra o outro motorista, vão passar a vida com ódio, depois que passar a dor do luto.

Será que existe vida após a morte? Será que o motoqueiro sofreu, uma vez que a morte veio tão repentina? Não deve nem ter se dado conta ainda de que desencarnou.

E finalmente a multidão começou a se dissipar com a chegada da viatura policial.

E finalmente olhou, então, estupefato, para si mesmo ali morto no chão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s