Chato

O sol lá fora brilha, fritando ovos nas calçadas. Ele ouve o assunto por alto e, pra entrar na conversa, pergunta:
– Tá sol lá fora?

Ele lê, num pedaço de papel, que o horário de fechamento do estabelecimento será, excepcionalmente, às 15h. Ele entra e pergunta:
– Vai fechar mais cedo?

Ele te pergunta as horas, você responde que são sete e meia. Ele pergunta:
– Sete e meia?

Ele te pergunta que dia é o feriado. Você responde que é na quinta e ele diz:
– É, achei mesmo que fosse. Só queria confirmar.

Ele abre a boca pra falar e você já pensa “lá vem”. E você não aguenta mais ouvi-lo falar.

As intervenções dele são descartáveis, desnecessárias. Ele fala como se fosse preciso quebrar o silêncio, sempre. Ele fala como se não pudesse ficar um instante calado. E, pior, ele acha que você está querendo conversar. Ele acha que você está interessado.

Ele é chato. Bagarai.

Anúncios