Mil visitas. E agora?

Fiquei esperando. Olhei prum lado, olhei pro outro… nada. Olhei pra cima e nenhum show pirotécnico. Abri o blog e olhei direito… nada também. Daí me dei conta de que 1000 é só mais um número. Me senti como se fosse dia 31 pro dia 1 de de…

Anúncios

Fiquei esperando. Olhei prum lado, olhei pro outro… nada. Olhei pra cima e nenhum show pirotécnico. Abri o blog e olhei direito… nada também. Daí me dei conta de que 1000 é só mais um número. Me senti como se fosse dia 31 pro dia 1 de dezembro e janeiro, respectivamente. Aí depois me dei conta, assim como sempre me dou no reveiôn, que foi apenas uma passagem, uma mudança numérica. Foi como quando no dia 5 de maio (5) de 2005 (5) às 5 horas, 55 minutos e 55 segundos eu esperei que acontecesse algo. Eu poderia ter feito algo memorável, mas não fiz. Esperei acontecer. E nada aconteceu.

Realmente mil visitas é um número impressionante. Ainda mais considerando que, no momento em que eu confidencio isso pra vocês, o número já está em mais de mil e cem. Fico feliz com esse movimento nessas bandas aqui, apesar da subjetividade que o lugar assumiu recentemente. No próximo post serei mais objetivo. O tópico que será abordado será Banda Monopólio. Não necessariamente só esse. Mas o próximo post será relacionado a este tema principalmente. Assim vocês ficam sabendo mais de mim e do que eu tenho feito ultimamente.

As coisas só vão acontecer quando eu as fizer. Este é o Pip’s World. Este sou eu. Sô de Lua.

Abraço e até breve.

PS: Seis de junho do ano que vem, exceto pelo fato de que é aniversário da Bárbara, vai ser um dia um bocado sinistro. Pelo menos as horas só tem sessenta minutos e cada minuto sessenta segundos…